9 de fev de 2010

Guiar-se

É necessário guiar-se ao som das águas, ao percurso dado ir além, porque já fostes.


É preciso manter onde hoje está pois existe leveza, deixe-se guiar.

Ouça o som pois ainda bate e rebate,

Como criança que dança leve flutuante voando...



Fica mais fácil fica mais claro, não desrespeito não há desespero

Tolerância de cá, e que continuará a guiar

Passe pra lá, chegue cá.



Não são só palavras e versos

Não são só linhas, não basta cantar

Vamos recitar pois será sincronizado assim como já tú estas...

Vem no ritmo vem recitando



Assim continuaras sentindo e estando...

Dê o salto nova Etapa!